Share This Post

Adventure / Featured Slider / Main Slider / Moto Touring / Motorcycles World / Story / Trip

NordKapp

NordKapp

Chegar ao NordKapp foi o nosso objectivo para 2018!!!

Entusiasmados pela, Honda Adventure Roads 2017 – Nordkapp, seguimos caminho, rumo ao símbolo que criamos do nosso motociclismo.

O Cabo Norte é por si simbólico, ele significa chegar ao tal lugar, acima do círculo polar árctico, o mais a norte onde a estrada nos permite ir. Fizemo-lo a dois, mas pelo caminho cruzamos com outros motociclistas de vários países, todos unidos por um fim único, tocar aquele globo de ferro erguido onde a terra se junta ao mar!

Se objectivo se dá naquele toque, a emoção acompanha-nos em todo o percurso para lá chegar, essencialmente, nos últimos quilómetros da E69.

Ao longo da costa passamos, com toda a certeza, por uma das mais belas marginais do mundo.

Aqui e ali pincelada por algumas comunidades piscatórias, esta marginal faz-nos sentir no meio de um mundo à parte, onde as pessoas parecem quase que refugiadas do resto do planeta, mas, num refugio deslumbrante.

As águas que banham esta costa, aparentam ser vindas das caraíbas, tal é o intenso do seu azul e transparência, mas desenganem-se os viajantes, nada de mergulhos por estes lados, pois elas são geladas!!!

A beleza desta estrada panorâmica, é difícil de descrever…e a sensação, essa é celestial!

São quilómetros de estrada lado a lado com o mar, são paisagens estonteantes, que nos libertam a mente ao vê-las, ao sentir-lhes o cheiro, ao parar a cada quilómetro e respirar..

A vontade é a de fazer e refazer este percurso vezes sem conta, é a de abrir a viseira do capacete e sentir o vento na cara ao percorrê-lo, a de absorver todas as cores, de levantar na mota e sorrir com os olhos, e estes serem o espelho da nossa alma, naquele lugar.. é a de ficar calado, apesar de sermos dois, e sentir cada um, na sua singularidade, aquele momento.. e é a de parar mais à frente, olhar nos olhos, e com a mente perguntar: sentiste?

E nada mais é do que apenas sentir…

Tudo isto termina no auge do Norte. Os últimos quilómetros mudam a paisagem, afastam-nos da linha costeira, e tornam-na inóspita, mas, indescritivelmente bela.

E, quase que ali, mesmo nos últimos quilómetros antes de chegar, tocamos o céu.

Confesso que, a sensação foi tão especial, tão majestosa, que os olhos lacrimejaram lágrimas de emoção…

Então chegamos ao Cabo Norte, tocamos a globo e admiramos aquele lugar.. não tão belo quanto o caminho até ele, mas, a ele se deve aquele percurso e devemos, por isso, curvar-nos perante si..

Ali ficamos, montamos a nossa tenda e ás 24:00 horas, assistimos ao sol da meia noite.

No dia seguinte, partimos com a sensação de que conseguimos cumprir o objectivo, mas também, de que muito mais, naquela viagem, estaria por vir.. Seguimos para sul, percorremos toda a Noruega, que nos seduziu e apaixonou em toda a sua travessia.

Visitem a nossa página de instagram, @wanderlust.africatwin, vejam esta e outras viagens que fizemos e acompanhem as nossas próximas aventuras. h


Share This Post

Leave a Reply

Skip to toolbar